Clique aqui para obter uma tradução automática do texto seguinte.
Comissão Europeia e Comité das Regiões Europeu ‎ lançam cooperação para aplicar o Pacto Ecológico a nível local  

A Comissão Europeia e o Comité das Regiões Europeu (CR) comprometeram-se a iniciar uma nova fase de cooperação, a fim de acelerar a aplicação do Pacto Ecológico nas regiões e nos municípios da Europa. Durante o debate com Frans Timmermans, o vice-presidente executivo da Comissão Europeia responsável pelo Pacto Ecológico instou os órgãos de poder local e regional a apropriaram-se do Pacto Ecológico e a moldarem-no nos domínios da sua competência. Os membros do CR congratularam-se com a cooperação e apoiaram o Pacto Ecológico, que consideram a via principal da UE para assegurar uma retoma económica integradora e ecológica em todos as regiões, municípios e aldeias.

A nova cooperação visa disponibilizar, aos órgãos de poder local e regional, o apoio e os conhecimentos necessários para solicitarem de forma mais eficaz os fundos de recuperação nacionais e da UE, com vista a aplicarem o Pacto Ecológico em todas as comunidades e, concretamente, melhorar a eficiência energética dos edifícios, desenvolver transportes sustentáveis e proteger os habitats naturais. A cooperação entre as duas instituições visará a capacitação e a mobilização dos órgãos de poder local e regional da Europa, colaborando ao mesmo tempo com os governos nacionais para que o Pacto Ecológico seja o eixo central dos respetivos planos nacionais de investimento.

Apostolos Tzitzikostas , presidente do Comité das Regiões Europeu e presidente da região grega da Macedónia Central, afirmou que «não deixaremos que a pandemia entrave o nosso empenho em proteger o nosso ambiente. Necessitamos de uma recuperação ecológica, equitativa e tenaz para todas as regiões e municípios, urbanos e rurais, ricos e pobres. Devemos agir agora e em conjunto e acelerar a transição ecológica, realizando projetos concretos ao nível local. A nossa nova cooperação com a Comissão Europeia é um ponto de viragem na nossa parceria, que capacitará, apoiará e mobilizará os órgãos de poder local e regional para que apliquem o Pacto Ecológico no terreno e cumpram as nossas promessas aos nossos cidadãos e aos nossos filhos».

Na sua intervenção durante a plenária, Frans Timmermans , vice-presidente executivo da Comissão Europeia e comissário responsável pelo Pacto Ecológico Europeu, afirmou que «as ações climáticas começam nas ruas dos nossos municípios e dos nossos bairros. A Comissão Europeia e o Comité das Regiões Europeu envidarão esforços conjuntos no âmbito da iniciativa Vaga de Renovação, em prol de transportes limpos e cidades ecológicas. O Comité devia ter assento no Conselho Político do Pacto de Autarcas e ser um elemento essencial do nosso Pacto para o Clima, a lançar este ano, tornando-se os seus membros embaixadores da ação climática. Dêmos, então, início a ações climáticas nas nossas regiões que poderão servir de inspiração para o resto do mundo».

O CR constituiu, recentemente, o Grupo de Trabalho para o Pacto Ecológico a Nível Local , que visa garantir que a estratégia de crescimento sustentável da UE e os planos de recuperação após a COVID-19 se traduzem em financiamento direto em prol dos municípios e as regiões.

Foi entregue ao vice-presidente Frans Timmermans uma compilação de duzentas boas práticas dos membros do CR, demonstrando de que forma os municípios e as regiões já estão a realizar a transição no terreno através de projetos concretos relacionados com a eficiência energética, os transportes com baixo nível de emissões, a gestão sustentável dos alimentos e as infraestruturas ecológicas.

O debate sobre o Pacto Ecológico teve lugar durante a 140.ª reunião plenária do CR e a Semana Europeia das Regiões e dos Municípios , tendo sido apresentado o primeiro Barómetro Regional e Local Anual e realizados debates com a presidente Ursula von der Leyen e a chanceler Angela Merkel.

A Assembleia debateu uma série de propostas sobre temas essenciais relacionados com o Pacto Ecológico :

Pacto para o Clima : o presidente do município de Varsóvia, Rafał Trzaskowski (PL-PPE), apresentou o seu Parecer – Pacto Europeu para o Clima . O presidente de município Rafał Trzaskowski declarou que «estamos plenamente empenhados no Pacto Ecológico. Queremos realizar objetivos ambiciosos e realistas para servir as nossas comunidades e criar novos postos de trabalho. O Pacto para o Clima deve ter dois objetivos. Em primeiro lugar, uma cooperação estreita entre os órgãos de poder local e regional e as instituições da UE em torno de projetos concretos, como a renovação de edifícios. Em segundo lugar, o Pacto para o Clima deve congregar as parcerias locais no domínio do clima em toda a UE, para que haja uma aprendizagem mútua. Na qualidade de presidente do município de Varsóvia, sei em que medida os nossos orçamentos sofreram uma redução devido à pandemia. É, por isso, fundamental termos acesso direto aos fundos da UE para aplicar políticas sustentáveis».

Cidades sustentáveis : Juan Espadas (ES-PSE), presidente do município de Sevilha, presidente da Comissão ENVE do CR e do Grupo de Trabalho para o Pacto Ecológico a Nível Local, apresentou o seu Parecer – Renovação da Carta de Leipzig sobre as Cidades Europeias Sustentáveis . O presidente de município Juan Espadas afirmou que «em 2050, 68% da população mundial viverá em zonas urbanas, por isso, os municípios podem e devem impulsionar a construção de um futuro sustentável. Instamos a Presidência alemã da UE a tornar a Carta de Leipzig renovada vinculativa ao nível da UE, para que esta se converta, a par do Pacto Ecológico Europeu, dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e de uma Agenda Urbana reforçada, o roteiro principal dos nossos municípios para a criação de bem-estar para todos».

Biodiversidade : o relator Roby Biwer (LU-PSE), membro da Assembleia Municipal de Bettembourg, apresentou o Parecer do CR – A biodiversidade nos municípios e regiões para além de 2020, no âmbito da 15.ª Conferência das Partes na Convenção sobre a Diversidade Biológica das Nações Unidas e da Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030 . O relator Roby Biwer declarou que «estamos a chamar a atenção para inverter a curva da perda de biodiversidade e de ecossistemas. Necessitamos que todos os níveis de governo apoiem tal esforço e o convertam num pilar fundamental da nossa recuperação. O Pacto Ecológico Europeu pode ser o nosso instrumento principal para construir um futuro sustentável, proteger o nosso planeta, pôr termo à crise climática e evitar futuros surtos de doenças. Chegou o momento de agir. Agora!».

Economia circular : o relator Tjisse Stelpstra (NL-CRE), ministro regional da Província de Drente, apresentou o Parecer do CR – Novo Plano de Ação para a Economia Circular . O relator Tjisse Stelpstra declarou que «a COVID-19 revelou-nos a nossa dependência e vulnerabilidade, o que requer uma chamada de atenção para que todos avancem no sentido da sustentabilidade. O novo Plano de Ação para a Economia Circular está diretamente relacionado com a redução de emissões de CO 2 de que necessitamos desesperadamente. São necessários objetivos concretos, devendo ser estabelecidos novos padrões através da inovação. Quando podemos fazer melhor, temos de fazer melhor!».

Informação adicional

A última intervenção do vice-presidente Frans Timmermans na assembleia da UE de municípios e regiões foi em dezembro de 2019 , quando o CR adotou a Resolução – O Pacto Ecológico em parceria com os órgãos de poder local e regional . Uma das recomendações principais do CR foi o aumento da meta de redução das emissões de gases com efeito de estufa para, no mínimo, 55% até 2030, que recebeu agora o apoio da Comissão Europeia.

O Pacto Ecológico a Nível Local é uma iniciativa nova do Comité das Regiões Europeu que visa colocar os municípios e as regiões no cerne do Pacto Ecológico Europeu e garantir que a estratégia de crescimento sustentável da UE e os planos de recuperação após a COVID-19 se traduzem em financiamento direto em prol dos municípios e das regiões e em projetos concretos para todos os territórios. A iniciativa foi lançada em 15 de junho de 2020 com a constituição de um grupo de trabalho específico composto por treze membros . Leia aqui o comunicado de imprensa.

Pode descobrir as primeiras duzentas boas práticas do CR no âmbito do Pacto Ecológico no nosso mapa em linha .

O Barómetro Regional e Local Anual (# EURegionalBarometer) contribuiu para a Resolução – Os órgãos de poder local e regional na resposta à COVID-19 e enquanto catalisadores da recuperação, que os 329 membros do CR adotarão em 13 de outubro ( projeto de resolução aqui ). O discurso de abertura do presidente Apostolos Tzitzikostas está disponível na página do presidente do Comité das Regiões Europeu.

Conclusões do Barómetro Regional e Local Anual ( leia o nosso comunicado de imprensa aqui )

Contacto: David Crous // david.crous@cor.europa.eu / Tel.: +32 (0) 470 88 10 37

Partilhar :
 
Notícias relacionadas

1.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/SMES-HOUSEHOLD-ENERGY-CRISIS.ASPX

2.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/GREEN-DEAL-LOCALLY.ASPX

Poder local e regional, PME e agregados familiares da UE precisam de apoio específico dos fundos de emergência da UE para inverterem crise energética
Poder local e regional, PME e agregados familiares da UE precisam de apoio específico dos fundos de emergência da UE para inverterem crise energética
01.12.2022

1.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/CIRCULAR-TRANSITION-TEXTILES-CLOTHING-LEATHER-FOOTWEAR-INDUSTRY-.ASPX

2.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/GREEN-DEAL-LOCALLY.ASPX

EU local and regional authorities push for circular transition of the textiles, clothing, leather and footwear industry
EU local and regional authorities push for circular transition of the textiles, clothing, leather and footwear industry
30.11.2022

1.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/FOOD-CRISIS-EU-REGIONAL.ASPX

2.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/GREEN-DEAL-LOCALLY.ASPX

Crise alimentar: dirigentes regionais e locais da UE apelam ao investimento na produção local em prol de alimentos sustentáveis e a preços acessíveis
Crise alimentar: dirigentes regionais e locais da UE apelam ao investimento na produção local em prol de alimentos sustentáveis e a preços acessíveis
30.11.2022

1.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/CZ-PRESIDENCY-EVENT-ON-JTF.ASPX

2.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/GREEN-DEAL-LOCALLY.ASPX

Regions in transition towards climate neutrality need steady support from the EU
Regions in transition towards climate neutrality need steady support from the EU
22.11.2022

1.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/NAT-22112022.ASPX

2.HTTPS://COR.EUROPA.EU/PT/NEWS/PAGES/GREEN-DEAL-LOCALLY.ASPX

Low carbon agriculture, Health Data Space and pesticides on the agenda of the CoR NAT meeting
Low carbon agriculture, Health Data Space and pesticides on the agenda of the CoR NAT meeting
22.11.2022