Clique aqui para obter uma tradução automática do texto seguinte.
Abertas as nomeações para a primeira edição do Prémio Paweł Adamowicz  

O prémio será atribuído anualmente a um dirigente municipal, um dirigente cívico ou uma organização que trabalhem a nível local ou regional para promover a liberdade, a solidariedade, a igualdade e a não discriminação.

O Comité das Regiões Europeu, juntamente com a Rede Internacional de Cidades de Refúgio (ICORN) e o município de Gdańsk, abriram as nomeações para a edição de 2021 do Prémio Paweł Adamowicz que distingue a coragem e a excelência na promoção da liberdade, da solidariedade e da igualdade.

Está a decorrer o período de apresentação das nomeações para a edição de 2021 do Prémio Paweł Adamowicz, atribuído anualmente a um dirigente municipal, um dirigente cívico ou uma organização local ou regional, que promovem a liberdade, a solidariedade, a igualdade e a não discriminação, seguindo o exemplo do presidente de município, Paweł Adamowicz. O prémio homenageia o antigo presidente do município de Gdańsk, apunhalado em 13 de janeiro de 2019. Antes do seu homicídio, foi alvo de um discurso de ódio crescente. O prémio apoia aqueles que combatem a intolerância, o discurso de ódio e a xenofobia.

Podem propor nomeações para o prémio 15 membros do Comité das Regiões Europeu, municípios ou regiões membros da ICORN, bem como organizações internacionais convidadas firmemente empenhadas e com conhecimentos especializados pertinentes nos domínios abrangidos pelo prémio. A nomeação para o prémio está aberta a pessoas oriundas ou que exerçam atividades em qualquer país do mundo. O prazo para a apresentação das nomeações termina às 23h59m (hora de Bruxelas) de 15 de setembro de 2021. A cerimónia de entrega dos prémios terá lugar em dezembro.

Apostolos Tzitzikostas , presidente do Comité das Regiões Europeu e governador da região da Macedónia Central, na Grécia, afirmou: «A União Europeia assenta em valores democráticos que há que defender e promover ao nível mais próximo dos cidadãos nas suas regiões, municípios e aldeias. Um destes valores é a liberdade de expressão. Este prémio presta uma homenagem e representa um sinal forte de esperança para todos os representantes eleitos, funcionários e cidadãos comuns que, apesar dos riscos, vivem para que a democracia funcione a nível local, apoiando a criação de comunidades melhores e mais abertas. Homenageamos as pessoas que diariamente ousam melhorar os lugares onde vivem, como fez Paweł Adamowicz em Gdansk. Procuramos dirigentes locais inspirados e corajosos que constroem uma democracia de proximidade mais forte, uma sociedade aberta, instituições respeitadoras, acolhedoras e justas.

Magdalena Adamowicz , deputada ao Parlamento Europeu e viúva de Paweł Adamowicz, afirmou: «Fazer o bem é um ato silencioso, fazer o mal é um ato clamoroso. Especialmente hoje, tendo em conta a cacofonia reinante de xenofobia, homofobia, radicalismo e nacionalismo, bem como o discurso de ódio omnipresente em que vivemos, cabe-nos encontrar todos aqueles que fazem o bem e destacá-los como exemplos a seguir. É este o objetivo do Prémio Paweł Adamowicz. Do fundo do coração vos peço: procurem e nomeiem para o prémio todos aqueles que agem em benefício dos outros, da sua dignidade, igualdade, segurança. Fazer o bem é um ato silencioso, mas temos de falar o faz o mais alto possível de quem!»

A presidente do município de Gdańsk, Aleksandra Dulkiewicz , afirmou: «O Prémio Paweł Adamowicz é uma iniciativa conjunta da ICORN, do Comité das Regiões Europeu e do município de Gdańsk. É um passo importante para reforçar a ideia de integração social, participação cívica, promoção da igualdade de oportunidades e respeito pelos direitos humanos e pelas liberdades cívicas. O homem a quem este prémio presta homenagem lutou com todas as forças contra os preconceitos, a xenofobia e a violência na vida pública. É nossa convicção profunda que os vencedores deste prémio, pelas vidas que levam e os valores que defendem, refletirão de forma criativa os ideais de liberdade e solidariedade tão caros ao município de Paweł Adamowicz.

Helge Lunde , diretor executivo da ICORN, afirmou: «Os municípios só são refúgios seguros quando as pessoas têm a coragem de respeitar os direitos dos outros. No mundo político atual, são os municípios que se tornaram símbolos de solidariedade e confiança, coabitação e colaboração, tal como Gdańsk sob a liderança do seu falecido presidente, Paweł Adamowicz».

Contexto:

Paweł Adamowicz foi apunhalado em 13 de janeiro de 2019 enquanto falava num evento de beneficência. Faleceu no dia seguinte, na sequência dos ferimentos. Tinha 53 anos. Antes do seu homicídio, foi alvo de um discurso de ódio crescente. A sua morte desencadeou um debate sobre o impacto que a degeneração do discurso público tem na violência, no extremismo, na propaganda e na intolerância.

Paweł Adamowicz empenhou-se na promoção dos valores fundamentais da UE e foi membro ativo do Comité das Regiões Europeu. Em 2016, após um encontro com o Papa Francisco, Paweł Adamowicz lançou o «Modelo de Integração dos Imigrantes» de Gdańsk, que inspirou outros municípios polacos.

Mais informações:

O Comité das Regiões Europeu, enquanto assembleia dos representantes políticos locais e regionais da UE, por iniciativa da delegação polaca, adotou por unanimidade, em 7 de fevereiro de 2019, uma resolução que condena os discursos de ódio e as ameaças de todos os tipos contra dirigentes políticos.

A Rede Internacional de Cidades de Refúgio (ICORN) é uma organização internacional composta de 75 municípios e regiões da Europa e não só. Oferece refúgio seguro a escritores e artistas perseguidos, promove a liberdade de expressão, defende os valores democráticos e fomenta a solidariedade internacional. A mais de 250 escritores e artistas foi oferecido refúgio numa cidade da ICORN. Em segurança, continuam a desempenhar um papel essencial, destacando as violações dos direitos humanos e da liberdade de expressão cometidas nos seus países de origem, bem como apoiando os colegas que permanecem nesses países. Paweł Adamowicz integrou o município de Gdańsk na ICORN em 30 de agosto de 2017.

Prémio Paweł Adamowicz – Sítio Web : #AdamowiczAward

Regras e regulamentos do prémio, critérios de elegibilidade, critérios de seleção

Contacto:

Comité das Regiões Europeu

Wioletta Wojewodzka

Tel.: +32 (0)2 282 2289

Tlm.: +32 (0)473 843 986

wioletta.wojewodzka@cor.europa.eu

Município de Gdańsk

Maciej Buczkowski

Tel.: +48 58 323 62 84

maciej.buczkowski@gdansk.gda.pl

Rede Internacional de Cidades de Refúgio

Helge Lunde

Tel.: +47 51 50 71 25

helge@icorn.org

Share: