Tradução automática
 
Clique aqui para obter uma tradução automática do texto seguinte.
133rd CoR plenary session  

​The members of the European Committee of the Regions met in the 133rd plenary session on 6 and 7 February 2019.

Several debates took place with the participation of Ms Viorica Dãncilã, Romanian Prime Minister, representative of the Romanian EU Presidency of the Council, and with Mr Tibor Navracsics, Commissioner for Education, Culture, Youth and Sport.

10 opinions were on the agenda of this plenary session.

Here is the list of opinions adopted during the February plenary session:

 


 

 Associated press releases

Associated press releases
Primeira - ministra da Roménia: futuro orçamento da UE requer política de coesão forte para todos os municípios e regiões
Primeira - ministra da Roménia: futuro orçamento da UE requer política de coesão forte para todos os municípios e regiões
Press release | Cohesion policy reform;EU annual budget;
Em 6 de fevereiro, Vasilica Viorica Dăncilă, primeira - ministra da Roménia, definiu as prioridades para a União Europeia durante um debate com os líderes locais e regionais. A primeira - ministra Vasilica Dăncilă – cujo país exerce a Presidência rotativa da UE de seis meses – afirmou que, numa altura de crescente populismo, o reforço da coesão europeia é da maior importância e necessita do pleno apoio de todos os municípios e regiões. Face à saída prevista do Reino Unido da UE em março, às negociações complexas sobre o futuro orçamento da UE em curso e às eleições europeias em maio, a primeira - ministra apelou para um empenho comum na competitividade, na convergência e na segurança, salientando que é necessária uma política de coesão forte no orçamento da UE a longo prazo após 2020. No seu discurso de abertura na reunião plenária do Comité das Regiões Europeu (CR) ( #CoRplenary ), a primeira-ministra Vasilica Viorica Dăncilă afirmou que «a Europa enfrenta muitos desafios e temos de mostrar unidade e solidariedade, razão pela qual a Presidência romena da UE se centra no valor fundamental da coesão em todas as suas dimensões – política, económica e social. Todos temos de envidar esforços para mostrar os verdadeiros benefícios da UE para a vida quotidiana dos cidadãos. O futuro orçamento da UE deve proporcionar os recursos adequados, de modo a gerar crescimento e convergência. É por esta razão que a política de coesão europeia é tão importante, e que sem ela as discrepâncias regionais e locais seriam ainda maiores. Permitiu construir parcerias e pontes entre regiões e municípios, é a principal estratégia de investimento da UE e evoluiu para responder a novos desafios. A política de coesão deve continuar a existir para todos os municípios e regiões no futuro.» 

Contact:
Organizer: Registry
Share:
Informação relacionada